Noble faz descoberta da Guiné Equatorial

27 agosto 2019
© tampatra / Adobe Stock
© tampatra / Adobe Stock

A Noble Energy fez uma nova descoberta no Bloco 1 offshore da Guiné Equatorial, com a empresa americana esperando produzir novo petróleo explorando a infraestrutura existente até outubro, disse o ministro do petróleo na terça-feira.

"Estamos empolgados em anunciar essa descoberta, que não poderia ter chegado em um momento mais oportuno", disse Gabriel Obiang Lima, ministro de hidrocarbonetos e minas, em comunicado.

Obiang Lima disse que o poço Aseng 6P foi perfurado a uma profundidade de mais de 4.000 metros e a Noble estava conectando-o à infraestrutura existente no campo de Aseng, que possui cinco poços submarinos conectados a um armazenamento e descarregamento flutuante da produção (FPSO) embarcação.

A Noble Energy é a operadora da Aseng com 40% de participação e considera a Glencore, Gunvor e Atlas Petroleum como parceiras, disse o ministério de hidrocarbonetos e minas.

"Quando as empresas perfuram a Guiné Equatorial no exterior, sua probabilidade de descoberta é real", disse Lima sobre o membro da OPEP se posicionando como um centro emergente de gás na África Ocidental.


(Reportagem de Wendell Roelf)