Egito Okays BP, Mubadala Aquisição de Participação na Concessão Noor da Eni

Laxman Pai10 dezembro 2018
Imagem: ENI
Imagem: ENI

O Ministério do Petróleo do Egito assinou um acordo para que a britânica British Petroleum e o fundo de investimentos dos Emirados Árabes Unidos, Mubadala, comprem uma participação de 45 por cento na concessionária de gás natural offshore Noor, no Mediterrâneo, da italiana Eni.

Na concessão, que está em participação na EGAS, a Eni, como operadora por meio de sua subsidiária, o IEOC, passou a deter 40% de participação. Os outros parceiros na concessão são a BP com 25% de participação e a Tharwa Petroleum Company com 15% de participação.

As transações foram aprovadas durante uma cerimônia em Sharm El Sheik pelo governo egípcio representado pelo Ministro do Petróleo Egípcio, Eng. Tarek El Molla. A aprovação segue a assinatura dos contratos Farm Out com a Mubadala Petroleum em novembro e a BP no início de dezembro, respectivamente.

Esta transação faz parte de um alinhamento comercial mais amplo com a BP internacionalmente e fortalece ainda mais o relacionamento com a Mubadala Petroleum no Egito.

Nour é um bloco localizado na prolífica Bacia do Delta do Nilo Oriental, no Mar Mediterrâneo, a aproximadamente 50 km da costa no leste do Mediterrâneo, com uma profundidade de 50 a 400 metros, cobrindo uma área total de 739 km2. A Eni está atualmente realizando a perfuração do poço de exploração conforme previsto no primeiro período de exploração da concessão Nour.

A Eni está presente no Egito desde 1954, onde opera através da subsidiária IEOC. A empresa é a principal produtora do país, com uma produção própria de cerca de 340 mil barris de óleo equivalente por dia.

Categories: Atualização do governo, Atualização do governo, Energia Offshore, Fusões e Aquisições, No mar